Arquivo da tag: Café Hacker Oficina

Registro dos Cafés Hackers realizados em 2018

Em 2018 foram realizados 8 Cafés Hackers, sendo 7 deles no formato Oficina, que tem a proposta de aproximar os participantes das informações e dados abertos constantes nos portais de transparência ativa da Prefeitura de São Paulo e do orçamento municipal.

No total, as atividades reuniram 133 participantes, sejam conselheiros/as municipais de atuação temática, estudantes de políticas públicas e munícipes em geral. As atividades fazem parte do projeto 65 – São Paulo Aberta do Programa de Metas 2017-2020 da Prefeitura de São Paulo.

Caso tenha interesse em participar de um Café Hacker, ou se você já tiver um grupo e queira organizar uma oficina com a gente, entre em contato pelos telefones (11) 3334-7117 ou (11) 3334-7109, ou mande um e-mail para <controlesocial@prefeitura.sp.gov.br>.

Abaixo consta a relação dos eventos e os links para as apresentações utilizadas e  devolutivas ou registros [no caso dos Cafés Hackers Oficina] apresentados.

Continue lendo Registro dos Cafés Hackers realizados em 2018

Café Hacker Oficina: Dados e Meio Ambiente

A Controladoria Geral do Município de São Paulo realiza, na segunda-feira (12), mais uma edição do Café Hacker Oficina, desta vez com o tema “Dados e Meio Ambiente”, a prtir das 17h, no Mobilab.

O Café Hacker Oficina é uma metodologia desenvolvida pela Coordenadoria da Promoção da Integridade da CGM/SP para aborda temas relacionados à transparência dos dados públicos de forma introdutória e/ou prática, a depender do tema abordado. Continue lendo Café Hacker Oficina: Dados e Meio Ambiente

Café Hacker Oficina busca ferramentas tecnológicas para ampliar segurança das mulheres no espaço público

Projetos em debate tem base em informações sobre a infraestrutura e violência do município.
Na manhã do sábado de 12 de dezembro, cerca de trinta pessoas começavam seu dia em uma sala na região da Luz, no centro de São Paulo, separando-se em grupos para analisar informações referentes à segurança da população feminina e pensar em como usá-las a fim de tornar a cidade mais segura para as mulheres.
Estava começando o Café Hacker Oficina, uma atividade promovida pela Controladoria Geral do Município de São Paulo, pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, pelo Departamento de Iluminação Pública (SES / ILUME) e pelo LabHacker, um laboratório de projetos que relacionam participação política e tecnologia. Continue lendo Café Hacker Oficina busca ferramentas tecnológicas para ampliar segurança das mulheres no espaço público