São Paulo Aberta: Atividades do dia 25/10

Encerrando as postagens sobre a cobertura das atividades São Paulo Aberta, disponibilizamos abaixo os registros da programação da sexta-feira (25/10), que sob o tema “Governo Aberto à Transparência e ao Controle Participativo” contou com duas mesas de debates, a apresentação de quatro experiências de relevância sobre o assunto e o Café Hacker do portal de Transparência:
Mesa de debate:
Transparência ativa e dados abertos
– Gisele Craveiro – Professora da da Escola de Artes, Ciências e Humanidades – Universidade de São Paulo (EACH-USP)
– Cristiano Ferri – Analista legislativo da Câmara dos Deputados
– Paula Martins – Coordenadora da ONG Artigo 19
– Leandro Valquer de Oliveira – Vice-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo
– Comentador/Debatedor: Maurício Faria – Conselheiro do Tribunal de Contas do Município de São Paulo


Mesa de debate:
Controle participativo, monitoramento de políticas e prevenção da corrupção
– Raquel Moreno – Observatório da Mulher
– Fabiano Angélico – Coordenador de Promoção da Integridade da Controladoria Geral do Município (CGM)
– Clara Meyer Cabral – Coordenadora de Indicadores e Pesquisas da Rede Nossa São Paulo
– Comentador/Debatedor: Wagner Romão – professor do Departamento de Antropologia, Política e Filosofia da Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (Unesp)

 
Exposição de experiências:
transparência e controle social:

– Auditoria Participativa – Neste tipo de auditoria é a sociedade quem indica quais são os fatos críticos em relação ao objeto auditado e quais seriam as melhores soluções. O auditor evidencia as percepções e as avalia tecnicamente, indicando caminhos. Secretaria de Controle Interno da Presidência da República (CISET/PR).André Luiz Marini Chagas
– Catálogo de Bases e Sistemas de Dados – Inovação do Decreto Estadual que regulamenta a Lei de Acesso à Informação em São Paulo, o CSBD reúne informações sobre todas as bases de dados que estão sob guarda do Governo Estadual. Organizado pela Fundação SEADE.
– Parceria para o Governo Aberto (OGP) – Mecanismos de Diálogo e envolvimento da sociedade na construção e monitoramento de Planos de Ação do Brasil na OGP. Fernanda Machiavelli – SGPr
– Cidade Democrática– Plataforma colaborativa para que cidadãos possam propor e construir soluções para as cidades. Henrique Parra

 
Café Hacker Portal da Transparência:
Café Hacker Promovido pela Controladoria Geral do Município. Um encontro com jornalistas, pesquisadores, programadores e ativistas para discutir melhorias para o Portal da Transparência. O evento também buscou discutir e colher subsídios para a elaboração de propostas e diretrizes para o Plano de Transparência Ativa de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.