Perdeu o papo com dados com SPTrans? Assista ao vídeo

O primeiro Café Hacker organizado pela Controladoria Geral do Município (CGM) tratou de uma das principais demandas da sociedade por informações hoje: dados do sistema de transporte público de ônibus.
Realizado no auditório do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo, o evento reuniu cerca de 40 pessoas, entre jornalistas, programadores, pesquisadores e ativistas.
Para responder às dúvidas e às demandas dos participantes, estavam presentes Ciro Biderman, chefe de gabinete da SPTrans, e Adauto Faria, diretor de gestão econômica e financeira da empresa.

Biderman fez uma apresentação de uma hora, mostrando os dados disponíveis no site e destacando o que foi aprimorado nos últimos meses, além de detalhar a planilha de composição tarifária. Baixe aqui o arquivo de slides* utilizado por Biderman.
O encontro foi transmitido ao vivo e contou com a participação de internautas, que também enviaram suas dúvidas e sugestões. Veja abaixo na íntegra (começa aprox. aos 20 minutos).
 

 
Ciro anunciou que a empresa está trabalhando para disponibilizar novos dados, nos próximos meses, como por exemplo os embarques e as multas por linha. Outra novidade que está em estudo é um sistema para salvar em tempo real os dados de 15.000 ônibus georreferenciados (padrão GTFS).
A sistematização de questões e respostas foi feita de forma colaborativa neste endereço: https://pad.riseup.net/p/dadosSPTrans
A CGM e a SPTrans vão analisar as demandas e sugestões apresentadas no evento e essa devolutiva será feita aqui no blog. Em breve mais informações sobre o bate-papo!
* Atualizado em 12 de agosto de 2013. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.