Arquivo da categoria: Eventos

‘Café Hacker’ vai debater abertura de dados sobre políticas para as mulheres na cidade de São Paulo

Participantes também poderão aprender a construir tabelas e gráficos em uma oficina com os dados; evento vai apresentar contribuições à 5ª Conferência Municipal sobre a temática
Às vésperas da 5ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres, a Controladoria Geral do Município (CGM) e a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) vão realizar um Café Hacker para debater o acesso a informações e dados com recorte de gênero.
O evento, em sua 13ª edição, acontece em 15 de setembro (terça-feira) na Biblioteca Cora Coralina, primeira biblioteca com temática feminista de São Paulo, inaugurada em julho deste ano no bairro Guaianazes.
Continue lendo ‘Café Hacker’ vai debater abertura de dados sobre políticas para as mulheres na cidade de São Paulo

Perdeu o Café Hacker Compras Públicas Abertas? Veja o vídeo!

Evento organizado pela CGM apresentou em detalhes o funcionamento do processo de aquisição de bens e serviços pelo poder público; objetivo é implementar o conceito internacional de “Open Contracting” na Prefeitura
Já está disponível na íntegra o vídeo da última edição do Café Hacker, realizado em 09/06 pela Controladoria Geral do Município, por meio da Coordenadoria da Promoção da Integridade (COPI). Dessa vez, os participantes debateram sobre a transparência dos processos de compras públicas realizadas pela Prefeitura Municipal de São Paulo.

O encontro, que ocorreu no campus Vergueiro da Uninove, reuniu munícipes, organizações da sociedade civil, desenvolvedores, profissionais da área de comunicação e representantes do poder público.

Continue lendo Perdeu o Café Hacker Compras Públicas Abertas? Veja o vídeo!

Compras Públicas Abertas será o tema do primeiro Café Hacker de 2015

Evento reúne especialistas e a população para debater o sistema de compras da cidade
convite_cafehacker-compraspublicas (2)
Quem nunca foi a uma repartição pública, pegou uma caneta esferográfica e pensou “hum… quanto será que pagaram por isso aqui?”. Seja um objeto simples e barato, muitas vezes comprado em grandes quantidades, ou equipamentos mais caros, como computadores e carros oficiais, essa questão sempre passa pela cabeça de munícipes atentos à gestão dos recursos públicos.
Continue lendo Compras Públicas Abertas será o tema do primeiro Café Hacker de 2015

Café Hacker abre dados da Iluminação Pública da cidade

Você sabia que, de Perus a Marsilac, são necessários 560 mil pontos de luz para cobrir todos os distritos da cidade? Acompanhar cada um deles é um trabalho bastante complexo, uma vez que a fiação nunca teve um sistema capaz de notificar falhas da rede, mas bastante importante, já que seu bom funcionamento tem reflexos em outras questões, mais notadamente a segurança.
Para buscar soluções para este desafio, a Secretaria Municipal de Serviços e a Controladoria Geral do Município vão realizar nesta quinta-feira, 12 de março, o “Café Hacker Iluminação”, um encontro entre desenvolvedores, jornalistas, designers, pesquisadores e demais cidadãos interessados para pensar a disponibilização de informações sobre o tema.
Para esquentar o debate, que acontecerá no Mobilab da SPTrans, o Departamento de Iluminação Pública (ILUME) divulgará seu catálogo de bases de dados e abrirá sua base de solicitações e atendimentos e a base georreferenciada dos pontos de iluminação da cidade.
Que tal um diálogo sobre esses dados? Existe alguma forma que você gostaria de visualizá-los? Já pensou em cruzamentos que podem ser interessantes? Quer saber no que isso pode interferir na sua região? Inscreva-se neste link e venha participar do debate.O MobiLab comporta cerca de 60 pessoas e haverá transmissão online.
Café Hacker Iluminação
Local: MobiLab: Rua Boa Vista, 136 (mezanino), São Paulo, SP
Hora: 18h30 a 21h00
Data: 12 de março de 2015
Inscreva-se: https://docs.google.com/forms/d/1ojhC_rGDalQi9-e6IMlmd0wwM6x88P5xY77rEv2q_G8/viewform

Participantes do Dia Internacional de Dados Abertos criam projetos sobre crise da água e fazem pedidos para abertura de novas bases

Na última segunda-feira, 21/02, foi celebrado o Dia Internacional dos Dados Abertos (Open Data Day2015). A celebração contou com mais de cem eventos por todo o planeta, seis desses aqui no Brasil. A edição da cidade de São Paulo, organizada por Transparência Hacker, PoliGNU e Controladoria Geral do Município, foi sediada pelo Labhacker, próximo ao metrô Armênia.
As atividades tiveram início ainda na parte da manhã, horário que não é lá tão apreciado para o público mais característico, e só foram encerradas no final da tarde, às 17h. Neste período, cerca de 30 pessoas, entre programadores, pesquisadores, engenheiros, servidores públicos, arquitetos, jornalistas e estudantes, estiveram reunidos em busca de estratégias para acessar informações e produzir conteúdos relevantes e didáticos que ampliassem a transparência dos serviços públicos.
Continue lendo Participantes do Dia Internacional de Dados Abertos criam projetos sobre crise da água e fazem pedidos para abertura de novas bases

São Paulo participa do Dia Internacional dos Dados Abertos neste sábado (21/2)

International Open Data Day 2015 terá mais de 100 atividades distribuídas pelo mundo
OpenDataDay2
No próximo sábado, 21, acontece o Open Data Day 2015, uma série de eventos com o objetivo de defender e encorajar a adoção de políticas de dados abertos em todas as esferas de governo em todo o planeta.
Neste dia, cidades de países como Austrália, Canadá, França, Japão, Quênia, México, e Índia sediarão mais de cem de eventos relacionados à abertura de dados. O Brasil também está na lista com 6 eventos registrados até o momento, nas cidades de São Paulo – SP, São Carlos – SP (Siga Lei), Porto Alegre – RS (MateHackers e CCDPOA), Teresina – PI (Teresina Hacker Clube), Vila Velha – ES (CCDVV) e no Distrito Federal (Calango Hacker Club) .
Para os paulistanos, os organizadores são a comunidade de prática sobre transparência e participação política Transparência Hacker, o Grupo de Estudos em Software Livre da POLI-USP PoliGNU e a Controladoria Geral do Município de São Paulo (CGM-SP).
Continue lendo São Paulo participa do Dia Internacional dos Dados Abertos neste sábado (21/2)

Café Hacker vai apresentar dados das empresas públicas municipais  

Dados administrativos e financeiros das 18 empresas, autarquias e fundações que fazem parte da Administração indireta, como fluxos de caixa, demonstrativos de resultados e indicadores de endividamento, passarão a ser publicados regularmente
A Prefeitura de São Paulo passará a disponibilizar noPortal da Transparência, em formato aberto e acessível por máquinas, todas as informações administrativas e financeiras relacionadas às 18 empresas, autarquias e fundações que fazem parte da Administração Indireta.
Para apresentar os dados, a Controladoria Geral do Município e a Secretaria Municipal de Finançase Desenvolvimento Econômico promovem no dia 27 de novembro, às 9h, umCafé Hacker que contará com a participação de técnicos do Departamento de Defesa de Capitais e Haveres do Município (DECAP). Serão convidados para o evento jornalistas, pesquisadores, programadores e representantes de associações e de movimentos sociais com foco na questão da transparência e do controle social, que poderão fazer perguntas e sugestões.
CET, COHAB, PRODAM, SPDA, SPOBRAS, SPNEGÓCIOS, SPSEC, SPTRANS, SPTURIS, SPURBANISMO, AHM, AMLURB, TMSP, FUNDATEC, HSPM, IPREM, SFMSP e SPCINE recebem anualmente quase 30% dos recursos arrecadados pelo Município. Em 2013, o valor destinado à Administração Indireta superou R$ 9 bilhões.
Continue lendo Café Hacker vai apresentar dados das empresas públicas municipais  

Controladoria divulga estratégias de abertura de dados em Berlim

O Café Hacker foi uma das iniciativas da Controladoria Geral do Município (CGM) apresentadas na OKFestival 2014. O evento, que aconteceu entre os dias 15 e 17 de julho, foi organizado pela Open Knowledge Foundation e é considerado a maior reunião sobre dados e conhecimentos abertos, reunindo mais de mil pessoas de 60 países para dividirem seus conhecimentos e experiências em debates e rodas de conversa. Como se poderia esperar, as atividades contaram com grande interação tecnológica, com transmissão via Hangouts e registros em EtherPads.

material de divulgação do Open Knowledge Festival 2014

Continue lendo Controladoria divulga estratégias de abertura de dados em Berlim

Café Hacker da Plataforma São Paulo Aberta é nesta quinta!

Nesta quinta-feira, 24, durante a programação do #ArenaNET Mundial, a Prefeitura de São Paulo vai realizar um Café Hacker para discutir a criação da Plataforma São Paulo Aberta.
O evento dá início a um processo de construção colaborativa do site, que vai abrigar as iniciativas de Governo Aberto – Participação Social, Inovação Tecnológica, Transparência Pública e Integridade – do município de São Paulo.
Neste primeiro momento de discussão, serão apresentados pela Prefeitura os objetivos, as funcionalidades e as ferramentas previstas para o funcionamento da Plataforma. Os participantes poderão opinar sobre a proposta ou sugerir novas funcionalidades.
O site será desenvolvido com tecnologias livres e seu código ficará disponível em repositório para que o processo de participação seja permanente.
A participação é aberta a qualquer interessado.
Café Hacker | Construção da Plataforma São Paulo Aberta
Quando: 24 de Abril, de 10h30 a 12h00
Onde: Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000 (Metrô Vergueiro)
convite_cafehacker

Veja como foi o Café Hacker sobre a transparência dos dados da Copa do Mundo em São Paulo

Promovida pela Controladoria Geral do Município (CGM) e pelo Comitê Especial para a Copa do Mundo de 2014 (SPCopa), a nona edição do evento reuniu hackers, jornalistas, programadores e membros da sociedade civil para discutir os dados sobre as operações para realização da Copa do Mundo na cidade de São Paulo.
Realizado em 26/02, no Edifício Matarazzo, o encontro contou com a presença da presidente da SPCopa e Vice-prefeita da cidade de São Paulo, Nádia Campeão, e do Chefe de Gabinete da CGM, Dany Andrey Secco, que fizeram a abertura do evento.
Para o debate com o público, estiveram á mesa o Coordenador da Coordenadoria de Promoção da Integridade (COPI), Fabiano Angélico, a Diretora de Fomento ao Controle Social (COPI), Lindalva Oliveira, o Assessor de Comunicação da SPCopa, Júlio Bittencourt e o Gerente de Ações da Copa 2014, José Carlos Gomes.
Após as apresentações, os presentes puderam fazer suas perguntas e sugestões quanto à melhor forma de publicar estes dados. Essas sugestões foram anotadas e sistematizadas, e em breve terão suas respostas divulgadas neste blog.
Acompanhe na íntegra: